09/05 Por: em Plantão Comentários

Homem ganha direito a benefício do INSS por ser corno

Um homem conhecido como Amarildo Ferreira Cavalcante, de 48 anos, ganhou o direito de receber o Auxílio-doença do INSS por ser corno. Segundo Amarildo, sua mulher já lhe traiu mais de 800 vezes, e sua vida de corno tem lhe feito passar por humilhações no trabalho, e por onde anda é motivo de piada e por isso não consegue sair de casa e andar em público.

O caso aconteceu em Marabá, Município no Pará, mas só agora foi divulgado.

Em depoimento, a esposa de Amarildo disse: “Tudo não passa de coisa da cabeça do homem, que ele bebe muito e esquece tudo que aconteceu no dia anterior, por isso as pessoas ficam lhe chamando de corno, tudo mentira, eu sou fiel e nunca traí o Amarildo”.

O caso tem causado revolta em pessoas que tiveram Auxílio-doença negado pelo INSS: “Isso mostra de fato, além de absurdo, mostra que o Brasil não é um pais sério “e nunca vai sair do buraco” acrescentou Sr. Cafuringa da Silva, que teve seu auxilio recusado mesmo estando sem uma perna.

O valor total liberado pelo INSS foi de R$1.229,00 por mês, durante tempo indeterminado. Fonte: Portal G Show.

 
28/04 Por: em Comentários

O brasileiro não domina o mundo por que não quer

Jogos de tiro pelo celular não são muito bons, mas o rapaz deu um jeito de facilitar as coisas criando um gatilho para a arma com um pedaço de arame velho e papel alumínio, genial:

 
22/04 Por: em Comentários

Por que o cachorro nunca fica de cu sujo?

O novo nome do rap nacional trouxe esse questionamento no flow do trap que só gente branca consegue fazer:

 
21/04 Por: em Comentários

Se você frequentou matinês nos anos 90 vai chorar com esse vídeo

A molecada dos anos 90 foi a última geração sem as “””maravilhas””” da tecnologia, apesar de boa parte dessa moçada já ter contato com videogames, a maioria aí ralava o joelho jogando bola, betes e brincando de pique na rua. Esse vídeo é um achado e tanto, mostra uma matinê entre os anos de 1992 e 1994, olha a vibe da baladinha monstra:

Se fosse hoje em dia dois terços estariam no celular, o que sobra metade estaria no fumódromo, conversando e fazendo networking, no máximo uns 10 dessa galera estaria realmente curtindo a festa, que provavelmente estaria tocando funk do Kondzilla.

 
19/04 Por: em Comentários

Eu sou swag bro

O trap é a nova moda entre a moçada branca de classe média fã de rap. Esse rapaz aí não vai pra escola sem carregar uma mochila de 5 conto, a pé. Um verdadeiro rockstar da 25 de março: