Plantão

pastor rouba

O pastor Jonas Rocha da Anunciação teve sua vida íntima exposta nas redes sociais, em especial no aplicativo whatsapp, depois da publicação de fotos íntimas com o namorado de um Pai de Santo. O trio reside em Vila Velha, município capixaba da região metropolitana da Grande Vitória.

O fato por si só já renderia desconfortos aos envolvidos, soma-se a exposição pessoal a contradição ideológica. O Pastor Jonas lidera o ministério “Pelo Resgate dos Valores da Família”. Desde 1997 este ministério faz campanhas contra o divórcio, o casamento gay e a prática da homossexualidade.

Após o vazamento das fotos o pastor cancelou todas as suas contas em redes sociais e não voltou ao exercício do ministério. Apenas divulgou uma mensagem por email aos membros cadastrados da Igreja da Graça Santa, onde tenta se justifica pelo ocorrido dizendo que “tudo é obra da macumbaria, os profanadores do meu ministério sentirão o peso da lança de Jacó sobre seus corpos na ardência infinita do inferno”.

Os críticos do ministério “Pelo Resgate dos Valores da Família” dizem que quem deve ter sentido arder foi o pastor Jonas, pois o namorado do Pai de Santo é um afrodescendente de 1,93 de altura e corpo atlético.

Tobias Navarro, conhecido nas encruzilhadas como Pai Tobias de Iansã, disse: “encontrei as fotos no iphone que dei pro meu namorado. Postei no “feici” pra acabar com a vida destes dois viados. Tenho outras fotos ainda mais pesadas pra publicar. Se inventarem de me processar eu solto as outras. Posso até ir pra cadeia mas eu antes arregaço com a pouca vergonha deles”.

Até o momento vazaram 13 fotos onde nota-se o casal em momentos íntimos.

FONTE: Jornal Novo Tempo, 08/04/2015, p.16

VEJA TAMBÉM: Programa de TV mostra duas pessoas que foram humilhadas publicamente por evangélicos. 

pintura pelos

“É como eu digo para minhas clientes: O tapete precisa combinar com a cortina. Pinto em cima e pinto embaixo”. Antony Oliver

Foto: Júnior Rocha

É isso mesmo. A moda agora é a coloração de pelos pubianos. Depois dos incessantes apelos de ginecologistas pelo fim da depilação completa o cabeleireiro Antony Oliver propôs a suas clientes um elemento lúdico para incentivar o fim do “desmatamento”. Com cores exóticas como rosa, roxo, azul, laranja e neon, a sensualidade feminina vai ganhando novos horizontes.

O salão de Antony Oliver está localizado em Cariacica, município da Grande Vitória no Espírito Santo. A marca de seu trabalho é a inovação e o foco na sedução feminina. Segundo ele “meu trabalho é revelar belezas que as mulheres nem sabem que possuem. Por isso tive a ideia de pintar os pelos pubianos de minhas clientes. Começamos atendendo 3 por semana e em 2 meses o fluxo de clientes já é de 90 clientes por mês. Colorindo ou retocando sua intimidade”.

O Conselho Capixaba de Ginecologia premiou na última sexta-feira (27/03/15) o cabeleireiro com o prêmio de Inovador Estético Genital 2014 por sua contribuição a saúde genital das mulheres capixabas. O CCG desaprova a depilação íntima completa por acreditar que os pelos são uma proteção natural da vagina, e sua retirada favorece a proliferação de danos irreparáveis a saúde íntima da mulher.

A coloração dos pelos variam entre R$ 30 a R$ 110. O orçamento é feito a partir da análise da quantidade de pelos, extensão dos fios e estratégia de coloração. Ana Lúcia Moreira tem 19 anos e há seis meses colore os pelos com Antony, segundo ela “o resultado é fantástico. Os homens estão meio cansado de vagina careca. Eles querem ser surpreendidos, e nada como uma buc**inha rosa choque para impressioná-los”.

Uma precursora desta moda é a panicat Thais Bianca que em março de 2013 posou para a revista Playboy ostentando pelos rosados. A sugestão foi do Douglas, seu namorado, segundo ele “é diferente e tem um gostinho meio doce. Parece algodão doce”, brincou, sem se acanhar.

VEJA TAMBÉM: Profissionais do sexo revelam seus segredos e podem fazer  seu sexo melhorar em qualidade e quantidade. Veja nesta entrevista.

mulher processa garoto de programa

“O mínimo que eles nos devem é ter o máximo quando o assunto é o tamanho da trozóba”.

FOTO: Júnior Rocha 

Silvana Pinheiro da Penha surpreendeu o advogado Carlos Teixeira Nunes Brito com a solicitação de seus serviços advocatícios para buscar indenização pela contratação de um serviço íntimo que, segundo ela, “nem de longe chegava perto das descrições no site”.  Ela contratou uma carreta e quando chegou em casa recebeu um Hot Wheels.

Silvana tem 32 anos e é solteira. Nunca havia contratado um garoto de programa e procurou em sites especializados os “produtos” em oferta. Se encantou com o perfil intitulado Marcão Arrombador. No anúncio Marcão se descrevia como um surfista de 23 anos possuidor de um dote descomunal de 22 centímetros. No entanto, ao desembrulhar o pacote Silvana se deparou com uma surpresa nada agradável para ela.

A consumidora relatou que dos 22 centímetros prometidos ele apresentou pouco mais que a metade, segundo o olhar clínico de Silvana ele teria no máximo 14 centímetros. O Dr. Carlos Teixeira informou que sua cliente “não teria objeção as dimensões que estão de acordo com a média do brasileiro se tivesse sido informada de maneira correta, no entanto, ela buscava a satisfação da curiosidade de conhecer alguém além das dimensões usuais”.

Considera-se enganosa qualquer modalidade de informação ou comunicação de caráter publicitário inteira ou parcialmente falsa, ou que, por qualquer modo, mesmo que por omissão, seja capaz de induzir o consumidor a erro a respeito da natureza, características, qualidade, quantidade, propriedades, origem, preço e quaisquer outros dados sobre produtos e serviços (art. 37, Código de Defesa do Consumidor).

O Dr. Carlos Teixeira busca agora a devolução dos R$ 300 pagos pela prestação do serviço, e uma indenização de R$ 12 mil por danos morais. Silvana também quer que o site informe exatamente as dimensões das ferramentas de trabalho de seus agenciados, por esta razão estende o processo aos administradores do site. Por fim deixa uma dica as demais consumidoras: “Tamanho é documento sim. Eles medem o tamanho de nossas bundas, de nossos peitos todos os dias. O mínimo que eles nos devem é ter o máximo quando o assunto é o tamanho da trozóba”.

VEJA TAMBÉM: Publicitários conversam sobre jingles inesquecíveis e apresentam as estratégias de persuasão da canção na propaganda. 

prisão-do-profeta

José Edilson dos Anjos era conhecido na Grande Vitória como “O Profeta”. É apontado pela polícia como o traficante mais inovador do mercado de drogas no Espírito Santo. Chegava a movimentar R$ 150 mil por semana abastecendo um mercado até então virgem, o dos consumidores evangélicos.

O ex-traficante é taxativo em sua análise do mercado de entorpecentes, segundo ele “é muita gente vendendo a mesma coisa para o mesmo público. Não inovam. Não criam diferenciais. Não prospectam novos públicos. Não oportunizam ao cliente uma experiência realmente transcendente. Eu revolucionei o mercado ao apresentar o produto não como um meio de obter lucro, mas sim de gerar valor na vida do consumidor”.

O Profeta se aproximou dos consumidores evangélicos promovendo retiros espirituais onde o ecstasy era apresentado como sendo “A Alegria do Senhor”. José Edilson lembra que “na época que o comprimido era vendido em raves por R$ 30 e eu conseguia vender a R$ 120. Por que? Porque meu produto era revestido de valor simbólico e mistério”.

Os retiros espirituais chamados de “Baladão do Senhor” eram frequentados por jovens de classe média alta e reuniam até dois mil jovens em sítios da região serrana do estado do Espírito Santo. Os convites eram conquistados com muita dificuldade, o que os tornavam ainda mais disputados.

Um pacto de silêncio era estabelecido entre os frequentadores: “O que acontece no ‘Baladão do Senhor’ fica apenas na lembrança”.Era proibido fotografar e filmar os momentos de louvor e de recreação. Um slogan era fartamente repetido pelos adoradores nos intervalos musicais: “Se você está aqui é porque você é especial. Guarde em segredo suas experiências espirituais”.

O Profeta foi preso na madrugada desta quarta-feira (25/02/2015) após o delegado Evanildo Chagas, da Delegacia de Repressão a Entorpecentes de Marechal Floriano, conseguir infiltrar sua equipe no Baladão. O delegado afirmou que “foram oito meses de investigação e mais de mil horas de interceptações telefônicas. Prendemos um Profeta, doze discípulos e 573 comprimidos da ‘Alegria do Senhor’. Na cadeia eu lavo minhas mãos. Tenho quase certeza que o Profeta vai virar Maria Madalena”.

VEJA TAMBÉM: Consultores em venda revelam os segredos dos Vendedores Irresistíveis. (todo mundo que trabalha com vendas precisa ver este vídeo)

 

calcinha

O pastor Natanael Zimmerman da Igreja Cristã Renovação na Fé chocou os habitantes de Apiacá, município do interior do estado do Espírito Santo, ao divulgar por meio de panfletos e carro de som um culto especial onde acontecerá a Unção das Calcinhas.

O culto promete consagrar as peças íntimas das mulheres casadas, para que seus maridos mantenham o matrimônio sem experiências extraconjugais. Foi solicitado que as interessadas levassem uma peça íntima na cor vermelha que nunca fora usada. Será derramada sobre ela o azeite da Terra Santa, que segundo Zimmerman, “inunda de alegria, bênçãos e proteção os que são ungidos por esta graça”.

PASTOR É FLAGRADO EM VÍDEO ABUSANDO DE MENOR

Estrategicamente posicionado no calendário, o culto está previsto para a próxima sexta-feira 13, quando se dá início o carnaval. Para Zimmerman “a sexta feira 13 é o dia que Exu Caveira escolhe para saciar seus desejos mais profanos, e para isso, usa o corpo de homens e mulheres desprotegidos espiritualmente. A próxima sexta feira 13 ainda tem o advento do Carnaval. Muitos maridos vão se perder em traições, e algumas delas com experiências homossexuais”.

Quem quiser proteger o marido pode ir pessoalmente a Igreja Cristã Renovação em Fé, localizada na Alameda Moacyr Tardin de Figueiredo, Nº 25 em Apiacá. O culto terá início às 19h e está aberto a não-batizados.

VEJA TAMBÉM: Programa de TV mostra projeto secreto do governo para calar e desarmar as forças militares do Brasil.